Adversária ajuda atleta a ganhar a maratona quando esta colapsou


Durante a Maratona de Dallas, uma estudante de 17 anos mostrou o que é ser solidária. A psiquiatra seguia em primeiro lugar desde o início da prova quando colapsou no chão a poucos metros da meta.

Ariana Luterman, que seguia em segundo lugar, não continuou a correr, que lhe garantiria a vitória. Antes ajudou a adversária e acompanhou-a até ao final da prova.

Uma prova de que no desporto ainda existem princípios.

Fechar Anúncio E Ver Vídeo ×